5 estágios para aceitar o término do namoro

Os 5 Estágios da Dor da Morte
A reação psíquica determinada pela experiência com a morte foi descrita por Elisabeth Kubler-Ross como tendo cinco estágios (Berkowitz, 2001):


Primeiro Estágio: negação e isolamento
A Negação e o Isolamento são mecanismos de defesas temporários do Ego contra a dor psíquica diante da morte. A intensidade e duração desses mecanismos de defesa dependem de como a própria pessoa que sofre e as outras pessoas ao seu redor são capazes de lidar com essa dor. Em geral, a Negação e o Isolamento não persistem por muito tempo.

Segundo Estágio: raiva
Por causa da raiva, que surge devido à impossibilidade do Ego manter a Negação e o Isolamento, os relacionamentos se tornam problemáticos e todo o ambiente é hostilizado pela revolta de quem sabe que vai morrer. Junto com a raiva, também surgem sentimentos de revolta, inveja e ressentimento.
Nessa fase, a dor psíquica do enfrentamento da morte se manifesta por atitudes agressivas e de revolta; - porque comigo? A revolta pode assumir proporções quase paranóides; “com tanta gente ruim pra morrer porque eu, eu que sempre fiz o bem, sempre trabalhei e fui honesto”...

Terceiro Estágio: barganha
Havendo deixado de lado a Negação e o Isolamento, “percebendo” que a raiva também não resolveu, a pessoa entra no terceiro estágio; a barganha. A maioria dessas barganhas é feita com Deus e, normalmente, mantidas em segredo.
A pessoa implora que Deus aceite sua “oferta” em troca da vida, como por exemplo, sua promessa de uma vida dedicada à igreja, aos pobres, à caridade ... Na realidade, a barganha é uma tentativa de adiamento.

Quarto Estágio: depressão
A Depressão aparece quando o paciente toma consciência de sua debilidade física, quando já não consegue negar suas condições de doente, quando as perspectivas da morte são claramente sentidas. Evidentemente, trata-se de uma atitude evolutiva; negar não adiantou, agredir e se revoltar também não, fazer barganhas não resolveu. Surge então um sentimento de grande perda. É o sofrimento e a dor psíquica de quem percebe a realidade nua e crua, como ela é realmente, é a consciência plena de que nascemos e morremos sozinhos. Aqui a depressão assume um quadro clínico mais típico e característico; desânimo, desinteresse, apatia, tristeza, choro, etc.

Quinto Estágio: aceitação
Nesse estágio o paciente já não experimenta o desespero e nem nega sua realidade. Esse é um momento de repouso e serenidade antes da longa viagem.

Texto: Ana Paula
O dia que levei um chute
eror,costumes, tips , how, why, how it's done, who did, famous, bedding, playboy, famouspersonalities, with hymen, tips, dating, sex, blog, tips, woman, man, learn, learn, tips,sex therapist, sexologist, ways , How to, mulheres seios, peitos, dicas sobre sexo, como melhor, para, fantasia, na, no, com, sobre, enfiado
how to, tutorials, eror,costumes, tips , how, why, how it's done, who did, famous, bedding, playboy, famouspersonalities, with hymen, tips, dating, sex, blog, tips, woman, man, learn, learn, tips,sex therapist, sexologist, ways , How to, mulheres seios, peitos, dicas sobre sexo, como melhor, para, fantasia, na, no, com, sobre, enfiado
2leep.com
melhor maniera, conteúdo, blog, para ensinar mulheres, homens, garota de programa, sexo selvagem, safada, punheta, nele, nela, masturbar-se, masturbação, masturbarcamisinha, mãos, tipos, modos, formas, estilos, estilo, forma, maluco, loucos, loucas malucas, doidinhas, doidinha, maluquinha, caidinha por mim, por ele, por ela
seduzir, para, lingerie, eles adoram, elas gostam, quatro, lado, posições sexuais, pegue, pegar, enfiar, jeitinho, em cima, em baixo, embaixo, do lado, de quatro, streap tease, vermelho, preto, branco, calcinha, meia, cinta-liga

Nenhum comentário:

Postar um comentário

2leep.com